RICARDO SALLES e ANTONIO VELLOSO CARNEIRO caem após acusação de quadrilha

RICARDO SALLES e ANTONIO VELLOSO CARNEIRO caem após acusação de quadrilha

https://lh3.googleusercontent.com/30tt4PsGl35oCA2Y0is3dBgfEtM3NpCNtMTzcSOSDQTpOft8RT5JwZJbHLBviaibhGvl_yBGDtcik1yIw_-W8C-UEtHDDDvwmguB9JK4diXWL-EwNo3gVp-9eYHagXP2wT4Cvgpk3FnSZ31GTw

No dia 24.08.2017, foi distribuído processo, no Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo, onde Ricardo Salles, Antonio Velloso Carneiro e Brunna Calil Alves Carneiro constam como investigados por, segundo consta no SAJ, “Crimes contra a Paz Pública-Quadrilha ou Bando”.

O novo procedimento criminal foi distribuído para o Desembargador Relator FRANCISCO CASCONI e está em seu gabinete desde 25.08.2017, última sexta feira.

Na segunda feira, antes do Desembargador FRANCISCO CASCONI apreciar o pedido do MPE, Ricardo Salles (Secretário Estadual do Meio Ambiente de São Paulo) e Antonio Velloso Carneiro (Secretário Adjunto do Meio Ambiente de São Paulo) se afastaram dos cargos para tirar a competência do Órgão Especial para processá-los antes do recebimento da ação.

Essa é uma das investigações que pairam sobre eles e que fazem parte de um trincado universo a ser apurado e comprovado pelo MPE e julgado pelo Poder Judiciário.

Entre as investigações, também há ações de improbidade administrativa e inquéritos civis, inclusive apurando suposto esquema de pareceres sob encomenda na JUCESP e de avocações de inquéritos policiais e intimidação de peritos do Instituto de Criminalística para a alteração de laudos.

 

Fonte: juridico.brazil@webinvestlatam.com EB <eb@webinvestlatam.com